© 2017 por Instituto Isol -  Orgulhosamente criado por Mural Ideias

  • Facebook Social Icon

O Núcleo de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde de Alto Paraíso de Goiás, também conhecido como NUPICS, é uma iniciativa voluntária de três organizações da sociedade civil: Instituto Sol, Instituto Espinhaço e Associação dos Terapeutas de Alto Paraíso de Goiás, em parceria com a Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento.

Os Institutos Sol e Espinhaço promovem na Reserva da Biosfera do Cerrado de Goiás, desde 2016, ações que visam a criação de uma sociedade mais justa e comum olhar ampliado para as questões sociais, ambientais, econômicas e de integração do ser com o ambiente ao redor. Dentre as ações, destaca-se o Projeto Flor da Vida, iniciado em Minas Gerais no ano de 2009 pelo Instituto Espinhaço e articulado, ao final de 2016 em parceria com o Instituto Sol, para o nordeste goiano. O Projeto Flor da Vida tem como base primordial o ser humano, visando o cuidado integral, a saúde e o bem-estar do indivíduo. Dando continuidade a este projeto, o Instituto Sol e o Instituto Espinhaço, em parceria com a Associação de Terapeutas de Alto Paraíso de Goiás e Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás, deram início em 2017 a construção do Núcleo de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (NUPICS), no município.

A origem do NUPICS foi gestada desde a realização do “ I Seminário Internacional Sobre Cultura de Paz”, realizado pelo Instituto Espinhaço, Instituto Sol e Associação dos Terapeutas de Alto Paraíso de Goiás, em agosto de 2017. Posteriormente, a proposição do NUPICS teve suas bases estruturadas quando da realização do “I Simpósio de Saúde Integrativa na Reserva da Biosfera do Cerrado de Goiás: Uma ação que Antecipa o Futuro”, em agosto de 2018, também realizado pelas mesmas organizações. Em 28 de fevereiro de 2019, o NUPICS foi oficialmente inaugurado na Unidade Básica de Saúde III do bairro Cidade Alta, como primeiro núcleo de saúde integrativa no território da Reserva da Biosfera do Cerrado em Goiás.

O NUPICS foi idealizado, gestado e constituído com base em um trabalho permanente, desde o início do ano de 2017, a partir da abordagem dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, visando ofertar à comunidade de Alto Paraiso de Goiás, de forma gratuita, um atendimento diferenciado em saúde, contemplando aspectos relevantes da ética do cuidado e que permeiam o cotidiano das pessoas na comunidade, e que são fundamentais para uma nova forma de pensar e viver a vida, com mais equilíbrio e qualidade de vida.

O NUPICS de Alto Paraíso de Goiás é uma iniciativa vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS) municipal que foi proposta por meio de parceria entre a sociedade civil organizada e o poder público. O núcleo é composto por médicos, nutricionistas, psicólogos, terapeutas e outros profissionais de saúde, todos devidamente qualificados e que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e de recuperação da saúde, com base nas premissas preconizadas pelo Ministério da Saúde, a partir da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, que são: escuta acolhedora; desenvolvimento do vínculo terapêutico; integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade; visão ampliada do processo saúde/doença e a promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado.

Com o objetivo de tratar a saúde pública com a máxima cautela, zelo e segurança, foi constituída a Comissão Municipal de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CMPICS) de Alto Paraíso, que desde a sua formação realizou o processo de institucionalização das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no SUS de Alto Paraíso de Goiás, com reuniões e discussões para a elaboração de documentos que guiam o funcionamento do NUPICS. Os atendimentos são todos realizados de forma voluntária e pautados em leis, normas e condutas organizadas e estruturadas pela equipe técnica da gestão do NUPICS e que fundamentam todas as ações dos profissionais que estão autorizados a realizar os atendimentos para a população local de Alto Paraíso de Goiás.

O NUPICS atua no SUS municipal com enfoque na promoção de saúde integral, melhoria da qualidade de vida e auxílio efetivo no processo de saúde, por meio do atendimento médico e tratamento convencional da medicina, associado às práticas integrativas e complementares em saúde, sendo os atendimentos feitos voluntariamente.

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde são sistemas e recursos terapêuticos que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de doenças e da recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. O Ministério da Saúde chancela, desde 2006, a utilização das PICS no Sistema Único de Saúde por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) e Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF).

Conheça melhor as PICS e o acervo de artigos científicos da BIREME e Ministério da Saúde acessando os sites: http://aps.saude.gov.br/congrepics/#!/#modalArtigoshttp://mtci.bvsalud.org/pt/